Circo do Mundo Brasil  

Circo do Mundo Brasil

“Para as famílias, apresentações são momentos de satisfação dessa cultura”

Alguns anos atrás foi descoberto que no Jardim Nova Esperança, em Goiânia, existia a Rua dos Artistas, onde se encontravam várias famílias de circo, entre essas: a Família Menezes, Família Bezerra, Família Caetano. Essas famílias foram importantes por fazerem parte da quarta e quinta geração de circo a chegar na capital no inicio do século XIX. Foi então, que com intuito de valorizar e resgatar a memória da cultura circense surgiu a proposta do Festival das Famílias de Circo.

Com isso, a primeira apresentação do Festival aconteceu no ano de 2008. Logo depois veio a segunda edição, em 2014, e neste ano, acontece a sua terceira edição. Dessa forma, o diretor do Circo Laheto, Maneco Maracá ressalta o impacto desse evento tanto para a sociedade circense de Goiás, quanto para ele como pessoa. “Para mim é muito gratificante. Eu não nasci no meio circense, mas embarquei nesta história e desenvolvo ações sociais, então é o meu papel enquanto admirador dessa arte”, destaca.

Maneco, que concedeu entrevista ao Diário do Estado nesta terça-feira, 27, falou a respeito da importância de ações como a do Festival para que as famílias não percam o encanto de ver um espetáculo de circo. “Para as famílias, as apresentações são momentos de satisfação dessa cultura”, afirma. Ele também contou como começou sua história na arte circense. “Eu, com 12 anos, andei 30 quilômetros para assistir ao meu primeiro espetáculo de circo. Isso na época era muito difícil. Não tinha carro. Ou era a cavalo ou a pé”, conta.

Projetos

O Circo Laheto conta com diversos projetos voltados a área da educação: Ensaio Aberto, Tertúlia Literária e o Programa Mais Educação. Atualmente, o Mais Educação promove uma parceria com a Escola Municipal Bárbara de Souza, onde fomentam por meio de sensibilização, incentivo e apoio, projetos ou ações de articulação de políticas sociais e implementação de ações socioeducativas oferecidas gratuitamente às crianças, adolescentes e jovens.

Neste ano, o Circo está trabalhando em uma parceria com o Criança Esperança. “O circo vive um grande momento de aprofundamento da pedagogia de bons resultados”, ressalta.

Fonte: https://diariodoestadogo.com.br/festival-das-familias-de-circo-resgata-memoria-cultural-circense-de-goiania-29730/